Lifting Facial
no Rio de Janeiro

O que é lifting facial?

Agende sua consulta

Por Dr. André Ahmed

A cirurgia da face é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço.

O que é a Cirurgia da face?

A cirurgia da face é um procedimento cirúrgico da flacidez de pele ou das estruturas mais profundas da face, devolvendo os tecidos ao seu lugar original, consequentemente, trazendo de volta jovialidade para o paciente.

Outros nomes utilizados para o procedimento:

  • Facelift;
  • Lifting facial;
  • Ritidoplastia.
 

Para quem é indicado o procedimento?

O lifting de face tem o objetivo principal de rejuvenescer a aparência de um indivíduo. Em tempos de longevidade, de aumento da expectativa de vida, assistimos ao esforço bem sucedido das pessoas em se manterem saudáveis por longos e longos anos.

Para que a imagem pessoal não fique para trás, a cirurgia plástica sustenta a ideia de que devemos buscar o amor próprio e não deixar que os estigmas do envelhecimento interfiram na forma como de fato nos sentimos.

Tecnicamente, numa visão atual, a cirurgia da face ganhou novos rumos. Em outros tempos, a retirada desenfreada da pele facial, com tração da mesma, trazia resultados questionáveis.

Sabe-se hoje que o foco deve ser outro. O reposicionamento das estruturas profundas da face por meio de pontos cirúrgicos é a estratégia principal, ao passo que a retirada de pele se faz de forma moderada, para se obter resultados mais naturais.

Procedimentos auxiliares, como o enxerto de gordura em determinadas regiões, bem como a lipoaspiração de submento (papada), podem também estar indicados isoladamente ou como complemento ao lifting de face num mesmo tempo cirúrgico.

blefaroplastia também pode ser realizada na mesma ocasião.

Com foco no rejuvenescimento da face, o lifting facial é um procedimento cirúrgico para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço.

Também podendo ser chamado de cirurgia da face, o procedimento visa diminuir a flacidez de pele ou das estruturas mais profundas da face, devolvendo os tecidos ao seu lugar original e, consequentemente, trazendo de volta jovialidade para o(a) paciente.

Lifting”, derivado de “lift”, que em português significa levantar, possui esse nome pois o processo representa o “levantamento” ou reposicionamento dos tecidos.

Quais outros nomes utilizados podem ser utilizados para o procedimento?

  • Facelift;
  • Ritidoplastia;
  • Ritidectomia;
  • Cirurgia facial;
  • Plástica facial;
  • Cirurgia da face.
  • Lifting do rosto
  • Cirurgia de rejuvenescimento facial
 

Quais os benefícios do lifting facial (ou facelift)?

  • Rejuvenescimento da pele;
  • Amenização do sulco nasogeniano, gerando a diminuição de linhas de expressão;
  • Volumização da região de terço médio da face, também chamada de região malar, ou seja, a maçã do rosto;
  • Melhoria do contorno da mandíbula (definição do contorno da mandíbula e do pescoço);
  • Cicatrização rápida e saudável;
  • Reposicionamento da musculatura, suspendendo as estruturas da face.
 

Quais os tipos de lifting facial?

A grande maioria dos procedimentos de plástica facial tem o objetivo de rejuvenescimento. Entretanto, cada paciente possui necessidades diferentes. Isso quer dizer que podem existir partes do rosto que demandem mais cuidados em alguns casos que em outros e, por isso, existem diferentes tipos de lifting facial.

  • Lifting temporal: levantamento da região temporal, suspendendo a cauda do supercílio e gerando um olhar jovial e descansado. Tem o objetivo de gerar melhora estética do terço superior da face.
  • Lifting frontal: foca na posição dos supercílios e proporciona um melhor visual da testa.
  • Lifting cervicofacial: é semelhante ao procedimento clássico, pois tem direcionamento à região completa do pescoço e rosto.
  • Lifting cervical, ou lifting do pescoço – direcionado para tratar a flacidez de terço inferior da face
  • Lifting endoscópico: também é semelhante ao procedimento tradicional, mas possui o objetivo de gerar menor trauma cirúrgico. Na prática, é feita uma menor incisão, mas a opção não é recomendável para pacientes com grande excesso de pele.
  • Minilifting: lifting facial reduzido, ou seja, o procedimento não é feito em toda a face. Há menos descolamento e menos tração da pele. Esse é recomendado apenas para um pequeno número de pacientes que apresentam pouca flacidez.
 

Para quem é indicada a plástica facial?

O lifting de face tem o objetivo principal de rejuvenescer a aparência, trazendo a ela um ar muito mais jovial. Assim, ele é recomendado em casos de:

  • Envelhecimento facial;
  • Papada ou pele frouxa;
  • Flacidez excessiva na pele;
  • Rugas profundas e marcas de expressão;
 

Existem diversos fatores que influenciam no envelhecimento da pele, além da idade. Por exemplo, o excesso de radiação solar e o tabagismo aceleram o envelhecimento.

De qualquer maneira, a perda de colágeno, bem como uma queda na sustentação da pele e musculatura facial ocorrem sempre com o avançar da idade.

Algumas pessoas podem apresentar uma predisposição genética a desenvolver essas características de maneira mais precoce.

É mais comum que esse procedimento seja realizado em pessoas a partir de 50 anos ou 60 anos. Porém, essa não é uma regra, pois tudo depende de fatores individuais, além do próprio desejo do(a) paciente.

Portanto, pessoas com menos idade podem ser candidatas ao facelift. Uma análise clínica realizada durante a consulta médica para entender o caso e alinhar as expectativas é fundamental.

Em tempos de aumento da expectativa de vida, assistimos ao esforço bem-sucedido das pessoas em se manterem saudáveis.

Para que a imagem pessoal não fique para trás, a cirurgia plástica sustenta a ideia do amor próprio e de não deixar que os estigmas do envelhecimento interfiram na forma como nos sentimos.

Tecnicamente, numa visão atual, a cirurgia da face ganhou novos rumos. No passado, a retirada de pele excedente era realizada de maneira mais pronunciada, com grande tração da mesma, e nem sempre essa estratégia proporcionava os melhores resultados possíveis.

Hoje, porém, sabe-se que o foco deve ser outro.

O reposicionamento das estruturas profundas da face por meio de pontos cirúrgicos é o foco principal, ao passo que a retirada de pele se faz de forma moderada, para se obter resultados mais naturais.

Atua-se no SMAS (sistema músculo aponeurótico superficial), que é uma membrana que recobre os músculos da face. Através da plicatura do SMAS (pontos para suspensão das estruturas), consegue-se obter uma melhor estruturação do rosto.

E a retirada de pele se faz de forma secundária, para que não se obtenha um aspecto estigmatizado de “face esticada”.

Procedimentos auxiliares, como o enxerto de gordura (lipoenxertia) em determinadas regiões, a lipoaspiração de papada (lipoaspiração de submento), a blefaroplastia (cirurgia plástica das pálpebras) ou a rinoplastia (cirurgia plástica no nariz), também podem ser associados ao lifting de face. Num mesmo tempo, ou em momentos diferentes.

Complementos com uso de ácido hialurônico, toxina botulínica , bioestimuladores de colágeno, peelings, laser, etc… também podem entrar no arsenal terapêutico, visando a um maior refinamento do resultado.

Quais as contraindicações da cirurgia da face?

Para realizar o procedimento, é importante que o paciente esteja saudável.

Doenças crônicas, que não estejam devidamente controladas, como diabetes, hipertensão arterial e cardiopatias impedem a viabilidade do procedimento, exceto nos casos em que o tratamento implementado para essas doenças esteja compensando bem o quadro clínico e laboratorial.

O tabagismo é um fator que pode aumentar o risco de perda de vascularização após a cirurgia, com maior chance de necrose. Portanto, a relação risco-benefício deve ser pesada caso a caso entre pacientes tabagistas.

Dúvidas frequentes sobre lifting facial

É comum haver perguntas em relação ao lifting no rosto. Vamos a algumas delas:

Quantos anos vou rejuvenescer com o facelift?

Uma plástica no rosto, por melhor executada que seja, não é capaz de garantir ao paciente um número determinado de anos rejuvenescidos, mas sim, reposicionar as estruturas da face, com todo esforço para se atingir um aspecto geral de rejuvenescimento. 

Não se pode prometer, por exemplo, que o(a) paciente irá ter o mesmo aspecto de quando tinha a idade X ou Y. A cirurgia de facelift foca em reverter os estigmas do envelhecimento de maneira natural.

Qual tipo de anestesia é usada no lifting da face?

Na maioria das vezes, requer anestesia geral.

Quanto tempo dura a cirurgia de lifting facial?

A depender do paciente, de 4 a 6 horas, com a internação de 24 horas.

O(a) paciente retorna então para casa com orientações, e visitas semanais ao consultório do cirurgião plástico, dentro do primeiro mês.

Quais são as recomendações pré-operatórias para o facelift?

Para realizar a cirurgia de ritidoplastia, é necessário que você esteja em boas condições de saúde. Por isso, o primeiro passo é marcar uma consulta, onde uma avaliação física minuciosa do seu caso é realizada e são solicitados exames pré-operatórios.

É necessário informar sobre quais medicamentos você faz uso regular, pois pode ser necessária a suspensão, como no caso do uso de anticoagulantes.

Evita-se bebida alcoólica dias antes da cirurgia de lifting facial.

Além disso, logo antes da cirurgia, caso haja sintomas de gripe ou qualquer outra alteração clínica inesperada, isso deve ser comunicado ao cirurgião plástico e a cirurgia poderá ser adiada.

Para sua realização, é essencial ficar em jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos durante oito horas.

No geral, algumas outras recomendações importantes são as seguintes:

  • Chegue pontualmente ao hospital, em jejum absoluto, e levando seus exames pré-operatórios;
  • Não utilize maquiagem no dia da internação;
  • Retire anel, brinco, cordão ou qualquer adereço de metal, ou material sintético;
  • Chegue ao hospital com cabelo seco;
  • Leve uma roupa leve para utilizar na sua alta;
  • Pode ser necessária uma malha compressiva após a cirurgia (a critério do cirurgião);
  • Em alguns casos, poderão ser indicadas sessões de drenagem linfática no pós-operatório;
  • Pode ser necessário o uso de dreno, que em geral, é retirado no dia seguinte da cirurgia, pouco antes da alta hospitalar.
  •  

Além de todas essas recomendações, há outras instruções importantes, as quais serão passadas durante as consultas, especialmente a que antecede o procedimento de ritidoplastia.

Quais são as recomendações pós-operatórias do lifting no rosto?

  • Como qualquer procedimento, é importante ter paciência e respeitar os cuidados para garantir um pós-operatório saudável.
  • É aconselhável o repouso com cabeceira elevada. Se houver blefaroplastia associada, estará indicada a compressa de gelo sobre os olhos.
  • Não é recomendável movimentar demais o rosto e o pescoço nos primeiros dias.
  • Evitar esforços.
  • Manter uma alimentação saudável.
  • Seguir a prescrição médica, com uso de analgésicos e antibiótico.
  • Entender que o resultado não é imediato, e a regressão do edema (inchaço) se faz de forma gradativa. Com o passar dos dias, semanas, meses… Em geral, o(a) paciente começa a ter uma percepção mais positiva do resultado após 2 a 3 semanas. Portanto, o controle da ansiedade é fundamental.
 

Além disso, é importante:

  • Evitar exposição prolongada ao Sol durante 2 meses;
  • Tomar apenas os medicamentos liberados e prescritos pelo médico;
  • Evitar mexer excessivamente no local operado e nas cicatrizes, a fim de facilitar a cicatrização;
  • Optar por dormir de barriga para cima prioritariamente;
  • Evitar o uso de cosméticos nas 3 primeiras semanas;
  • Evitar ficar muito tempo deitado;
  • Retornar ao consultório nas consultas de retorno;
  • Evitar tintas para o cabelo nas 3 primeiras semanas;
  • Exercício físico poderá retornar à sua rotina, de maneira leve, ainda antes de completar 1 mês, e a intensidade será ditada pela sua evolução clínica.
 

Como é feita a cirurgia de face?

Com o(a) paciente sob anestesia geral, sem ver nem sentir nada, as incisões são feitas de maneira delicada pelo cirurgião, desde a região temporal (no couro cabeludo), margeando a cartilagem da parte anterior da orelha.

Segue por baixo do lóbulo da orelha, dando a volta até atrás dela, seguindo pela “sobrinha” atrás da orelha (sulco retroauricular), onde a incisão sofre uma deflexão indo em direção ao couro cabeludo na região posterior (atrás da orelha).

Faz-se um descolamento da pele, respeitando-se limites de segurança, e assim, expõe-se o SMAS (sistema músculo aponeurótico superficial).

Em seguida, pontos de sustentação são aplicados nessa fáscia que recobre os músculos, no intuito de tratar a flacidez da camada mais profunda da face. Essa é a chamada plicatura do SMAS.

Em algumas situações específicas, parte do SMAS pode ser retirado para melhor acomodação do tecido, mas essa estratégia é mais rara.

Após essa etapa, a pele excedente é ressecada.

Pequenas lipoaspirações, por vezes, podem ser implementadas, sobretudo na região de submento (papada), ou outras áreas.

A lipoenxertia (enxerto de gordura) em regiões que carecem de maior volume também pode representar um belo recurso em alguns casos.

A gordura para enxerto pode ser obtida da própria região de submento, ou de qualquer outra área do corpo que tenha um mínimo de gordura localizada.

Por fim, uma sutura caprichada é realizada para aproximar as bordas de pele e gerar uma ótima cicatriz a longo prazo, de preferência sem muita tensão.

Qual a diferença entre lifting facial e minilifting?

O lifting facial envolve o tratamento de três terços da face:

– fronte (terço superior);

– maçãs / região malar (terço médio);

– pescoço / região cervical (terço inferior).

E isso requer um descolamento amplo da face, para que haja um resultado notório na reversão da flacidez com boa acomodação da pele e um resultado natural.

Já o minilifting, como o próprio nome diz, gera um mini resultado, visto que sua proposta é de corrigir pequenos graus de flacidez.

Nessa estratégia, a área de descolamento é bem menor, a cirurgia é bem menos invasiva e leva a uma recuperação mais rápida.

Mas vale frisar que poucos são os casos que terão um benefício real apenas com o minilifting.

Posso fazer lifting facial e cirurgia das pálpebras durante a mesma anestesia?

Sim! Por potencializar o rejuvenescimento, e por ser uma cirurgia relativamente rápida, é comum que a blefaroplastia seja feita em conjunto com o facelift, otimizando ainda mais o benefício geral para a melhora da autoestima, ao proporcionar um olhar mais jovem e mais vivo, desde que, claro, haja indicação para isso.

A cirurgia de facelift deixará cicatriz em meu rosto?

Sim, mas ela se torna quase imperceptível a longo prazo. Além disso, em boa parte, será recoberta pelo cabelo e disfarçada pelo contorno da orelha. O tamanho da cicatriz varia de acordo com a estratégia adotada para cada caso.

A boa notícia é que essa é uma área que apresenta, na maioria dos casos, uma cicatriz de melhor qualidade, além de um posicionamento tal que dificilmente será notada. Pessoas mais idosas e de pele mais clara apresentam cicatriz esteticamente mais discretas,

Quais complicações podem acontecer no lifting facial?

Como em todo procedimento, existem chances de complicações, apesar de mínimas. Não é comum que o procedimento de lifting gere alguma sequela.

Entretanto, os riscos envolvem redução da sensibilidade da pele, dificuldades de cicatrização, despigmentação da pele, acúmulo de líquidos, necrose de pele e riscos anestésicos.

Uma complicação que deve ser monitorizada de perto é o hematoma expansivo, que ocorre quando há algum sangramento na região operada.

Isso é raro de acontecer, porém, caso se constate esse quadro no pós-operatório, haverá necessidade de uma reabordagem cirúrgica imediata para contenção do sangramento.

Vale lembrar que no lifting de face, o cirurgião deve realizar uma hemostasia rigorosa com eletrocautério, na tentativa de se evitar ao máximo a ocorrência de hematoma no pós-operatório.

É muito importante também o controle da pressão arterial durante e após a cirurgia, pois picos de pressão aumentam a chance de sangramento.

Por fim, é importante frisar a importância de o(a) paciente seguir rigorosamente as recomendações pré e pós operatórias.

Quando é possível retornar o uso de maquiagem depois da ritidoplastia?

Em geral, após 21 dias, será possível fazer uso de maquiagem no rosto. Entretanto, é necessário consultar o seu médico previamente.

Quando é possível lavar os cabelos depois do facelift?

A partir do primeiro dia de pós-operatório, já é liberada a lavagem dos cabelos. Entretanto é importante ter cuidado.

Quanto custa o lifting facial?

É normal que os pacientes pesquisem por valores na internet, mas o Conselho Federal de Medicina (CFM) proíbe os médicos de divulgarem valores de cirurgia em sites, blogs, mídias sociais e afins.

De qualquer forma, não existe um preço definitivo para o procedimento, já que ele pode variar de acordo com uma série de fatores, como a condição atual da pele e dos músculos do rosto, a idade do paciente e as técnicas adotadas.

Uma dica muito importante é não se basear apenas no preço do facelift para a comparação, mas sim na capacitação técnica do profissional e de sua equipe, bem como do uso dos melhores equipamentos e produtos possíveis.

Marque uma consulta, e assim, você terá acesso a um orçamento direcionado ao seu caso.

O cirurgião plástico deve ser inscrito no Conselho Regional de Medicina de seu estado de atuação, além de Membro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Lembre-se que essa cirurgia deve ser executada por cirurgiões experientes.

Lifting facial antes e depois: como fica o resultado?

Da mesma forma, o CFM não permite a divulgação de imagens dos resultados na internet, mesmo com o consentimento do paciente e a não identificação do mesmo. Entretanto, durante as consultas, é possível ter acesso a este tipo de material e ver, na prática, os resultados do lifting facial.

Dr. André Ahmed Pereira: especialista em lifting facial

Eu, Dr. André Ahmed Pereira (CRM 52.82165-9), possuo ampla experiência em facelift, entre outras cirurgias plásticas, depois de anos e anos de estudo e aprimoramento constante e de centenas de procedimentos realizados e aprovados pelos pacientes.

Além de todas as informações aqui presentes, durante a consulta comigo, você poderá tirar outras eventuais dúvidas, além de conhecer mais sobre o procedimento, seus potenciais resultados e as técnicas que podem ser aplicadas, como lifting clássico, lifting temporal, lifting frontal, lifting cervicofacial, lifting endoscópico ou minilifting.

Acredito que o amor próprio é um direito de todos e faço do meu trabalho um meio para isso. A cirurgia plástica tem o poder de proporcionar bem-estar e felicidade na vida dos pacientes, e é nosso papel oferecer o melhor para os que nos procuram, por acreditar nos benefícios reais, que mudam a maneira como os pacientes se veem.

Muitas pessoas envelhecem na sua aparência, mas não se sentem velhas por dentro. A cirurgia de rejuvenescimento facial tem o objetivo fazer com que essas pessoas se vejam da maneira como se sentem.

Por isso, se você quer ter a sensação de uma rosto mais jovem e saudável, com aparência descansada e natural, o lifting facial é a escolha certa. Você será muito bem-vindo(a) em meu consultório!

Outros termos de busca: face lift, ritidoplastia, cirurgia para flacidez facial, lifting de rosto, face lifting, lifting de face, flacidez no rosto, cirurgia plástica no rosto, mini lifting, mini-lifting.

Recomendação Pré-Operatórias:

  • Na consulta é feita uma avaliação física completa e são solicitados exames laboratoriais;
  • Para realizar a cirurgia de lifting facial é necessário que você esteja em boas condições de saúde.
    Informe ao médico os remédios que você usa normalmente pois alguns devem ser suspensos, como é o caso do anticoagulante;
  • Avise ao médico em caso de gripe ou indisposição antes da cirurgia;
  • Interrompa o uso de bebidas alcoólicas e do fumo.
    8 (oito) horas antes do procedimento é preciso fazer jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos;
  • Outras Recomendações especificas serão dadas pelo Dr. André Ahmed.
 

Recomendação Pós-Operatórias:

  • A Paciência e os cuidados são fundamentais no pós-operatório;
  • É aconselhável o repouso com cabeceira elevada e uso de compressa geladas para diminuir o inchaço inicial;
  • Siga as orientações médicas quanto ao tingimento e limpeza dos cabelos no pós-operatório;
  • Outras recomendações exclusivas tais como prática de atividade física e exposição solar, serão dadas pelo médico.
 
Há outros procedimentos realizados pelo Dr. André Ahmed, dentre eles, pode-se citar: mamoplastia redutora e a blefaroplastia.
 

Os Procedimentos mais Procurados

Dr. André Ahmed - Experiência e Credibilidade

Gisele Rodrigues
2021-10-27
Só tenho a agradecer pela equipe médica e principalmente pelo Dr. ANDRÉ. A cirurgia foi um sucesso, superou minhas expectativas, super indico... 🤩 Ano que vem estarei de volta para realização de outro procedimento!!!
Amanda Teixeira
2021-09-22
Dr André é excepcional em todos os aspectos, antes de encontrá-lo passei por outras 3 consultas com outros profissionais e não me senti confortável nem confiante para realizar o procedimento, mas com Dr André de cara já senti tudo que eu precisava para finalmente realizar meu sonho, ele foi e ainda é atencioso, cauteloso, realista, caprichoso e detalhista na minha cirurgia e me passou muita confiança, agora estou no pós operatório e ele juntamente com sua equipe estão me dando todo apoio necessário. Eu estou amando meu resultado muito obrigado Dr André eu acertei na escolha do meu Cirurgião ❤️
carla Ramalho
2021-09-17
Eu estou muito, mas muito feliz com meu resultado, doutor André Ahmed é dedicado ele se preocupar em trazer a sua alto estìma de volta, quer ver o melhor resultado na sua paciente, não conheci um doutor que me deixou tão confortável e segura em fazer uma cirurgia, me olho no espelho e me sinto feliz e estou apenas com poucos dias de operada, eu indico com toda certeza é um excelente profissional. Só tenho que te agradecer meu doutor, obrigada!!!
Raymarleite Leite
2021-09-17
Sou Rayane Paciênte Doutor André super satisfeita com minha cirurgia que realizei a 3 anos..Sou muito Grata ao Doutor André por ter devolvido minha Autoestima...Gostei tanto do meu resultado que hoje Levo meu Marido para ser mais um paciênte do Doutor André! Que Deus continue abençoando sempre suas mãos...
ISABELA FERREIRA
2021-09-11
Estou muito feliz com o resultado da minha cirurgia mamoplastia o dr André é um excelente profissional a equipe é super atenciosa estou muito satisfeita por ter escolhido operar com ele, um profissional detalhista inclusive na questão da cicatriz concerteza ele da o seu melhor no q faz .
Vanessa Alves
2021-09-11
Não tenho nada a reclamar, mas só a agradecer. Desde o primeiro dia de consulta, quando a Fabiana me acolheu, ela foi peça determinante para que eu pudesse dar continuidade ao meu sonho. Sandra a secretária tbm um amor de pessoa, sempre muito solícita. Lá no hospital Rio Day o atendimento tbm foi Top!!! Guilherme o anestesista inclusive me procurou um dia antes, pra saber um pouco do meu histórico de saúde, isso passa um pouco mais de confiança pra gente. Lá no centro cirúrgico ele conversou comigo, me acalmou. Todo suporte tive lá no hospital Rio Day. Infelizmente não me lembro do nome dos enfermeiros, mas lembro exatamente como cada um cuidou de mim com tanto carinho. Na verdade só lembro da Cris, um amorzinho de pessoa que me recebeu no centro cirúrgico e que tbm estava comigo no dia da minha alta. E enfim o Dr André... Dr André é um profissional muito dedicado. Observei no dia da minha alta o quanto ele é muito dedicado, detalhista e perfeccionista. Qualidades que realmente todo cirurgião plástico deveria prezar, mas que infelizmente não encontramos em todos. Porém Dr André Ahmed realmente é um excelente profissional, muito responsável, muito honesto, desde a 1° consulta ele foi muito claro comigo e honesto, me esclareceu sobre as possibilidades e limitações por no meu caso ser uma cirurgia secundária... Mas de verdade, Dr André fez um excelente trabalho. Apesar de eu ter apenas 4 dias de cirurgia e ainda estar muito inchada, o que é normal, ainda assim já consigo ver que o contorno é outro, aquele aspecto artificial que eu tinha de um bumbum marcado não existe mais. Sei que a evolução será ainda melhor. Sei que o resultado só vai evoluir pra melhor e isso já me deixa muito feliz e satisfeita. Estou tendo todos os cuidados seguindo todas as orientações do Dr André. Parte do resultado da cirurgia cabe tbm ao paciente, aos cuidados e responsabilidade no pós operatório e estou levando tudo a risca. Enfim estou muito feliz e satisfeita com o trabalho de excelência do Dr André Ahmed e toda sua equipe.
Manoela Rodriques borges
2021-09-11
Melhor médico , equipe maravilhosa me sentir muito segura, devolveu minha alto estima, parabéns dr André e para toda sua equipe
Alexandra Moreira da Silva
2021-09-10
Ótimo atendimento no consultório, ambas secretárias se mostraram dispostas a tirar todas nossas dúvidas. Médico obstinado a fazer tudo para que tenhamos ótimos resultados e bom pós operatório.. Atenção no pos cirúrgico integral. Me senti muito segura com toda equipe envolvida. Sonhando com a próxima cirurgia! Grata!
Carolina Oliveira Carolina
2021-09-10
Foi ótima doutor André um excelente profissional ele e toda equipe dele total confiança em breve eu retornarei pra fazer mas um procedimento .
Dani Fox
2021-09-10
Dr André é um excelente cirurgião! Recebi todo o apoio e atenção necessária tanto no pré quanto no pós operatório. Dr André e sua equipe sempre estiveram disponíveis para esclarecer quaisquer dúvidas, a qualquer hora. Sempre muito atenciosos. Fiquei muito feliz com o resultado das 2 cirurgias que fiz com ele (glúteo e mama) e super recomendo o trabalho dele.

Agende sua consulta